domingo, 1 de maio de 2011

Utópico.

Me desculpe, mas eu não acredito no amor. Eu até queria acreditar, mas a vida vem me obrigando a fazer o contrário. 
Quando eu acreditei que seria sincero, acabei me deparando com o que costumo chamar de “decepção” ou “tapa na cara”. Sabe aquela escorregada que você precisa dar pra aprender a levantar? Então, é disso que estou falando. 
E tem sido assim. Não acredito no amor, não acredito nas pessoas.
 
 
[...]

Um comentário:

  1. Amar tem seus riscos,e só ama quem esta disposto a a correr esse risco!

    ResponderExcluir